Postagens antigas

Missões























Casal é ameaçado por colocar nome bíblico na filha

Irmão mais velho disse que fará queixa junto à polícia, alegando que o pastor Sanjiv os forçou a se converter ao cristianismo
Casal é ameaçado por colocar nome bíblico na filha
O que deveria ser um momento de extrema alegria se transformou em um conflito familiar para um casal cristão no Rajastão, Índia.
Sabal e sua esposa, Lajjawati, aceitaram a Cristo há pouco mais de um ano, quando procuravam uma solução para o que é considerado uma praga na sociedade indiana tradicional: não ter filhos.
Quando repetidas soluções médicas falharam, o casal voltou-se para sua religião, seguiram as instruções de seus sacerdotes e curandeiros, mas nada funcionou.
Sabal e Lajjawati começaram a frequentar a igreja e Deus respondeu ao clamor do casal, abençoando-o com uma menininha. Eles estavam cheios de alegria, mas, em seguida, os problemas começaram.
Afirmando sua posição tradicional na família, o irmão mais velho de Sabal queria escolher o nome do bebê. Ele queria dar à menina o nome de um dos deuses que a família adora
O irmão quer colocar o nome na garota de Amritaya, que significa “Imortal Senhor Vishnu”, um dos deuses que os pais da menininha seguiam antes de se encontrarem Cristo. Como cristãos, Sabal e Lajjawati não queriam que sua filha tivesse esse nome, mas, sim, um nome bíblico. Eles queriam o nome Ruth, mas isso enfureceu o irmão de Sabal.
O irmão ameaça o pastor Sanjiv, advertindo-o de que não vai permitir que o casal volte para a igreja. Ele diz que se seu irmão e cunhada voltarem para a igreja, ele apresentará uma queixa junto à polícia, alegando que o pastor Sanjiv os forçou a se converter ao cristianismo.
Os líderes do Ministério para Ásia estão preocupados com essa situação e pedem oração para que esse problema seja resolvido pacificamente.
Fonte: CPAD News
















Conheça a Coréia do Norte: O maior país perseguidor de Cristãos tem até campos de concentração

Seria necessário criar uma nova linguagem para traduzir em palavras as crueldades do regime norte-coreano. Em nenhum outro país a perseguição aos cristãos é tão severa. Dezenas de milhares de pessoas vivem e (no final das contas) morrem em campos de concentração. Mesmo a posse de uma Bíblia é motivo suficiente para ser morto ou preso junto com sua família para o resto de sua vida. Por que cerca de 400.000 cristãos são caçados como animais?

Este país comunista ocupa o primeiro lugar na Classificação de países por perseguição 2011 da Portas Abertas. Ele é o primeiro há nove anos. Por décadas, ninguém sabia exatamente como a Igreja estava depois da Guerra da Coreia. Nos anos noventa, a Portas Abertas encontrou uma maneira de manter contato com os cristãos clandestinos e descobriu que a Igreja estava muito viva. Mas também estava ferida, sangrando. Cooperadores da Portas Abertas esclareceram os planos extraordinários que o Estado fazia para caçar, capturar e até matar os cristãos.

Três coisas que todo cristão deve saber sobre a Coreia do Norte
Os cristãos são severamente perseguidos. Mesmo a posse de uma Bíblia é motivo suficiente para mandar toda a família para um campo político.
• Com oração você pode ser parte da obra de Deus na Coreia do Norte.

Vida cristã na Coreia do Norte

• Os cristãos só podem adorar a Deus em conjunto quando toda a família é cristã.
• Reunião em grupos é praticamente impossível de outra forma. Muitos cristãos tentam se encontrar um a um em lugares públicos. Se for seguro, eles compartilham um versículo da Bíblia ou um ponto de oração. Esse é o seu culto da igreja.
• É muito perigoso dizer a seus filhos sobre sua fé. É por isso que muitos pais cristãos disfarçam histórias da Bíblia como contos de fadas. Mas eles não podem mencionar Deus ou Jesus, e enfatizam aos filhos que eles nunca devem compartilhar estas histórias com seus amigos ou professores.
• O principal pedido de oração dos cristãos da Coreia do Norte é que as igrejas de seus antepassados sejam restauradas novamente.
Fonte: Gospel+ e Portas Abertas



Mais de 13 mil pessoas aceitam a Jesus em evento evangelístico de Franklin Graham

Discursando para multidões reunidas durante o All Liberia Life Festival em Monrovia, a cidade capital da Nação da áfrica Ocidental, Franklin Graham parou-se no podium passando a mensagem de liberdade verdadeira e restauração oferecida por Cristo somente. O evento foi realizado de 25 a 27 de março mas foi transmitido pela internet em 29 de março.
Em um país devastado pela guerra, terror e corrupção seguida de duas guerras civis, a Libéria, uma vez refúgio para escravos livres, tinha esperança de reconstruir a nação e tornar-se o que o seu nome representa, uma “Terra de Liberdade.”
“Deus perdoou Manassés e o restaurou e ele vos restaurará. Manassés estava em prisão e foi libertado. Qual é a sua prisão esta noite?” perguntou Graham. “Sexo? Temperamento? ódio? Inveja? Vingança? Qualquer que seja, você pode ser liberto se você vier para Cristo esta noite.”
Conhecendo da profundidade e corrupção persistente que assolou grande parte do povo na Libéria, o evangelista continuamente relembrou a multidão que Deus os perdoaria se eles estivessem dispostos a se arrepender e se converter de seus pecados como fez Manassés.
“Em um estádio como esse, pode haver assassinos aqui, homens culpados por tirar a vida de pessoas inocentes. [Mas] Deus irá perdoar se você estiver disposto a deixar os seus pecados e aceitar Cristo. Deus vos libertará.”
Mas Graham insistiu, “eu não posso salvar você. Você não está vindo para Frankiln Graham. Você está vindo par Deus através da fé em seu filho Jesus Cristo.”
Convidando milhares a virem para frente da plataforma e receber perdão e salvação, centenas de pessoas literalmente correram pelo estádio saindo de seus lugares para receber Jesus e testemunhar libertação.
Grupos de adoração incluindo Vow To Pray, New Creation Mass Choir, Dennis Agajanian, e Tommy Coomes Band liberaram a multidão em louvor.
Hóspedes visitantes de Ghana, Nigéria, e Estados Unidos participaram do evento e mesmo o presidente da Libéria, Ellen Johnson-Sirleaf, veio a apoiar o festival também.
O evento foi organizado pela Associação Evangelística Billy Graham.
Durante os três dias, 91.000 pessoas participaram do evento e 13.749 dos que atenderam entregaram suas vidas para Cristo.
O pai Graham, Billy Graham, e sua filha, Cissie Graham, tem todos estado envolvidos na restauração da Libéria.
Fonte: Christian Post




Africanos vendem suas roupas e deixam de se alimentar para enviar missionário


Centenas de cristãos africanos estão prontos para ingressar no campo missionário. Mas infelizmente, muitos deles não têm recursos para fazê-lo.


Um missionário da Zâmbia ouviu o chamado de Deus para ministrar aos muçulmanos na Tanzânia. Ele precisaria de US$ 500 para pagar algumas taxas, que incluía uma bicicleta, um colchão, e cerca de US$ 50 por mês para as despesas.


A igreja é animada, composta principalmente de camponeses que vivem com menos de 1 dólar por dia. E é ela que mantém e apoia o missionário no campo.


Determinado a enviar um missionário para o campo, a congregação decidiu vender roupas e deixar de fazer a terceira refeição dos dias. Depois de algumas semanas, eles foram finalmente capazes de enviar o irmão no campo.



O ministério espera enviar 150 missionários indígenas para vários países da África em 2011. Nos próximos 10 anos, o objetivo é enviar 5 mil. Milhares de pessoas estão à espera para ouvir o Evangelho, e outras milhares estão prontas para compartilhá-lo. Elas só precisam de recursos.


Fonte: MNN
Via: CPAD News








Cristãos são expulsos de comunidade por não participar de rituais

MÉXICO – No mês passado, líderes “católicos tradicionalistas” expulsaram 57 cristãos evangélicos de cidades em dois estados por se recusarem a participar de seus festivais religiosos.
Líderes do catolicismo tradicionalista, uma mistura de catolicismo romano e rituais nativos, expulsaram 32 cristãos em uma vila no estado de Hidalgo e outros 25 de uma cidade em Oaxaca. Nos dois casos, os evangélicos foram retirados de suas propriedades por se recusarem a participar de festivais de embriaguez e adoração a ícones católicos.
Centenas de cristãos evangélicos de seis estados do México organizaram uma caravana no dia 10 de agosto em favor dos 32 evangélicos de Los Parajes, que foram violentamente retirados de suas casas quando católicos tradicionalistas os agrediram com facas e cordas. Eles foram forçados a deixar para trás 121 acres de terra, com plantações, gado e propriedades.
Os 32 cristãos do estado de Hidalgo, norte da Cidade do México, dizem que perderam colheitas inteiras de milho e gergelim, e estão perdendo a estação para plantar jicama.
Ônibus e carros preparados para a caravana se encontraram ao meio-dia na cidade de Tantoyuca, prosseguindo juntos até Huejutla, onde deixaram os veículos e continuaram a pé até a praça central, carregando a bandeira mexicana, uma bandeira cristã e cartazes com mensagens de amor e apoio. O pastor Carlos Del Angel, de Cerro Azul, organizou o protesto, com os manifestantes levando roupa e comida para as vítimas.
Um dos líderes expulsos, Enrique García, disse ao jornal Milenio Hidalgo que as autoridades locais e estaduais deveriam respeitar os direitos daqueles que foram expulsos.
“Somos tratados como deliquentes só por sermos cristãos”, afirmou Roberto Hernandez, um líder evangélico.
Os homens foram proibidos de deixar a escola para conseguir dinheiro ou alimento.
No dia 4 de agosto, os refugiados foram retirados da escola e enviados para uma pequena casa de três quartos, um banheiro e nenhuma mobília. Devido à falta de espaço, os homens não conseguiram deitar para dormir. Há informações de que, em 10 de agosto, os homens foram levados para uma casa maior, com cinco quartos de dois banheiros.
Fonte: ADIBERJ


Chines é condenado a 15 anos de prisão por professar sua fé

Mãe apela às autoridades internacionais pela liberdade do filho
Imagine que seu filho foi condenado há 15 anos de prisão por um crime que não cometeu? Isso aconteceu com Alimujiang Yimiti . Em 2009, ele foi obrigado a passar por dois julgamentos secretos antes de ser acusado de vazar segredos de Estado a estrangeiros, e condenado à pena máxima de prisão pelo tribunal de Xinjiang, na China.
As autoridades o prenderam ilegalmente por mais de um ano sob a acusações de espalhar a religião na sua cidade de Kashgar. Posteriormente, as acusações foram mudadas, baseada em uma conversa privada do pastor cristão uigur, detidos junto de um amigo americano, Christian.
Ao levantar nossas vozes em petição de Alimujiang Yimiti, que a comunidade internacional pode construir um futuro melhor, mais pacífico e para a China para o mundo. Esse é um apelo para Alimujiang Yimiti, um inocente cristão uigur presos por sua fé.

Fonte: Christian News Wire



Mesmo ameaçado de morte, missionário deseja ficar em comunidade


Pastor Galav apascenta uma pequena congregação similar a esta 250x167 Mesmo ameaçado de morte, missionário deseja ficar em comunidadeO pastor Galav Yadav foi fiel discipulador de uma próspera comunidade cristã, mas o seu ministério tem atraído a atenção negativa por parte das forças anticristãs.
Em 01 de maio, a polícia prendeu o pastor Galav depois de aldeões terem apresentado uma queixa contra ele, acusando-o de forçar as pessoas a se converter ao cristianismo. Deus respondeu às orações, no entanto, a polícia liberou Galav na mesma noite.
Moradores continuam a se oporem à obra. Eles ameaçaram matá-lo se ele não abandonasse o seu ministério e deixasse a vila.
Os cristãos que o pastor Galav pastoreou o apoiaram. Eles o encorajaram a continuar em frente.
Por favor, orem para o seguinte:
• Proteção para o pastor Galav e sua família.
• Salvação para aqueles que se opõem ao pastor Galav, incluindo o líder da aldeia.
• Força espiritual para os fiéis da aldeia.

Missionários aproveitam clima de insegurança vivido na Europa para falar de Jesus

Medo de terrorismo abre portas para o evangelho 250x207 Missionários aproveitam clima de insegurança vivido na Europa para falar de JesusIsso raramente acontece. Mas, devido à preocupação crescente de um ataque terrorista da Al-Qaeda contra alvos europeus, os Estados Unidos emitiram um alerta para os americanos que viajarão para a Europa. Japão e Reino Unido também divulgaram seus próprios avisos alertando seus cidadãos que usam transporte público ou visitam atrações turísticas.
Muitos missionários dizem que servir na Europa é difícil, porque às vezes há poucas oportunidades para compartilhar o Evangelho. “Nossa oração é que Deus trabalhe nos corações das pessoas para mostrar-lhes que Ele está vivo, Ele é o Criador”.
Niemeyer pede aos cristãos que orem para que Deus abra os seus olhos espirituais para enxergar essas oportunidades e aproveitá-las. E orarem pela segurança, para não estarem no lugar errado na hora errada.
Como o terrorismo continua a assolar o mundo, às vezes em nome do Islã, Niemeyer diz: “Aqueles portas para a comunidade muçulmana está abrindo. E o nosso pensamento e o nosso desejo é começar a trabalhar entre os muçulmanos na Europa.”
Fonte: Christian Telegraph / Gospel Prime
Via: CPAD News




Como os cristãos gastam o seu dinheiro?




As pesquisas mostram que:


GASTAM mais com CHICLETES do que com MISSÕES


GASTAM mais com REFRIGERANTES E BALAS do que com MISSÕES


GASTAM mais com COSMÉTICOS E PRODUTOS DE BELEZA do que com MISSÕES


GASTAM mais com COMIDA SUPÉRFLUA do que com MISSÕES


GASTAM mais com ANIMAIS DE ESTIMACÃO do que com MISSÕES


GASTAM mais com ROUPAS DE ETIQUETA do que com MISSÕES


Um aparelho eletrodoméstico que um cristão compra À VISTA costuma ter um custo MAIOR do que a oferta dada para missões DURANTE 5 ANOS por esse mesmo cristão.


Os cristãos estão dando para missões MENOS do que o valor equivalente a UMA COCA-COLA diária.


Como podemos dizer que amamos a obra missionária, se MISSÕES é o nosso MENOR investimento?


"PODER, PODEMOS! A questão é se vamos ou não DEIXAR DEUS usar-nos".




A obra é nossa, como igreja brasileira.

Precisamos estar bem perto de nossos missionários, acompanhando-os diariamente em oração, mantendo contato por e-mail, carta, telefone, de modo responsável (há lugares onde uma carta mal orientada pode causar muitos problemas). Podemos enviar uma pessoa para visitá-los, orar com eles e ouvi-los. Devemos recebê-los com muito carinho, cuidado e atenção quando vêm de férias, para que tenham um bom descanso e renovação física, emocional e espiritual, provendo suas necessidades. (Infelizmente, ainda há igrejas que cortam o sustento durante os meses em que o missionário está no Brasil, pois entendem erroneamente que ele "já não está fazendo o trabalho missionário").
 
Assim, há sofrimentos inerentes ao modelo de encarnação deixado por Cristo, para os quais o missionário deve estar preparado. Outros tipos de sofrimento podem ser minorados e é nossa responsabilidade fazê-lo, com carinho e amor pelos que estão na linha de frente(Extraído da Revista ULTIMATO)


Você já parou para pensar como seria...
 
... não poder frequentar livremente sua igreja?
... ter o receio de um culto ser invadido por extremistas ou policiais, e você acabar preso?
... ter algum membro de sua família morto ou levado para um campo de trabalho forçado simplesmente porque ele declara amar Jesus?

A Missão Portas Abertas tem pensado nisso, e quer convidá-lo a refletir também. Por isso, o nosso tema para 2010 é Cristãos Perseguidos.


E se fosse você?


Ele tem o objetivo de levar a Igreja brasileira a refletir durante o ano sobre a realidade que os cristãos perseguidos enfrentam e qual o papel que exercemos para amenizar as lutas desses irmãos.


 


Pense: e se fosse você? Como reagiria?

















VISTANTES


Contador gratis

Postagens populares