Postagens antigas

Marcha para Jesus ou Parada Gay: Quem é realmente vítima de preconceito?

Se a imprensa liberal tratasse as paradas gays do jeito que trata as Marchas para Jesus, a agenda gay seria ignorada e ficaria merecidamente confinada a um número insignificante de mentes medíocres.

A Marcha para Jesus e a Parada Gay ocorreram na Avenida Paulista e apesar de estarem tão próximas um da outra em data, suas metas e compromissos são muito distantes. Uma exalta o homossexualismo; a outra, Jesus. Uma quer que homens e mulheres permaneçam no pecado homossexual; a outra oferece esperança e saída, em Jesus, para todos os pecadores.
Cobertura jornalística: os gays estão presentes, mas onde estão os evangélicos?

Mesmo que dez milhões, ou bilhões, de evangélicos se manifestem nas ruas de São Paulo, os meios de comunicação sempre lhes dão o mesmo tratamento: silêncio. Preferem fazer de conta que não houve nada, pois a religiosidade bíblica do evento evangélico pode lembrar aos tespectadores (e aos arrogantes liberais da mídia) que existe Deus, Bíblia, pecado, Jesus, salvação e outras coisas que incomodam corações que só pensam em folia. Já a parada gay, com todas as suas aberrações, tem mais para oferecer para esses corações do que as Marchas para Jesus.

Quem são as vítimas de preconceito da mídia: gays ou evangélicos?


A solução para os evangélicos receberem o mesmo tratamento que os gays estão ganhando? Render-se aos pés dos liberais e suas mentiras ou, através do poder do Evangelho, ajudá-los a se renderem aos pés do Senhor Jesus. Do contrário, eles continuarão em sua missão infernal de dar destaque ao que é ruim e ignorar o que é bom.

A cobertura jornalística das Marchas para Jesus e das Paradas da Vergonha Gay tem um efeito colateral interessante: acaba mostrando no final quem realmente são as vítimas de preconceito e quem são os preconceituosos.

A marcha pra Jesus foi linda, não choveu, famílias inteiras reunidas sem se precisar se esconder atrás de máscaras....agora a parada gay!!!..Bom... tomara que Gilberto Dimenstein reconsidere muita coisa que ele disse...

O dia não estava muito bom para essa passeata:


A droga rolou solta!... imagina quantas pessoas compraram drogras desses caras que foram presos pela PM:



Eu ainda acho isso muito estranho...sei lá!..
É homem, que é gay se veste de mulher e se reconhece como Drag!!

Fonte: www.juliosevero.com.br

Arquivo do blog

VISTANTES


Contador gratis

Postagens populares